Monthly Archives: Outubro 2005

Invite disponível

Tenho um convite disponível para quem estiver interessado em ter um blog no WordPress.com. Quem estiver interessado que se “apresente” nos comentários.

Deixe um comentário

Filed under WordPress.com

Primeira contribuição

Hoje fiz a primeira contribuição para o desenvolvimento do WordPress, sob a forma de um bug report. O problema dos links sempre existia, mas depois de almoço já tinha um mail de um dos developers a agradecer e a informar que o problema já está resolvido.

Technorati Tags: , ,

Deixe um comentário

Filed under Software, WordPress

Primeiras impressões do Flock

Finalmente tive disponibilidade para instalar o Flock e passei algum tempo a experimentá-lo.

A integração deste browser com o del.icio.us é notável, chegando ao ponto de permitir aos utilizadores deste serviço a sua utilização como a lista de Favoritos/bookmarks.

Um outro aspecto que me agradou no Flock foi a integração com serviços de blogging. Não por que eu seja um blogger compulsivo, mas o facto de no trabalho manter num blog (obviamente em WordPress) com as minhas notas e registos faz com que eu seja mais sensível a esta integração. A propósito, este post foi publicado com o Flock, utilizando esta integração.

A abordagem efectuada para a integração com serviços de blogging é semelhante à do w.bloggar. O WordPress é suportado através da API Meta-Weblog, sendo ainda possível interagir com blogs usando as API do Blogger, Movable Type e Atom.

O editor dos posts é WYSIWYG, e, ao contrário do editor do WordPress, recorre a elementos html span, com atributos das fontes para formatar o texto. Tal como o editor WYSIWYG do WordPress, a definição de hiperlinks obriga a que se escreva um caracter para a frente do texto que se pretende que fique na tag <a>, sob pena de o texto que se continue a escrever fique dentro da tag <a>.

A publicação de posts em blogs que não estejam com o encoding UTF-8 revelou-se com problemas, uma vez que os caracteres acentuados foram substituídos. Os posts ficaram exactamente como se se tivesse um blog WordPress em iso-8859-15 e se alterasse o encoding para UTF-8. Este problema pode não estar directamente relacionado com o Flock, mas ser antes um problema da API, de qualquer forma isso reflecte-se no Flock.

A publicação de posts tem uma lacuna, no meu entender grave, que deve ser resolvida ASAP: não é possível definir a(s) categoria(s) do post. Todos os posts são publicados com a categoria default, o que obriga a uma edição posterior do post para se corrigir a categoria. Em compensação, permite definir tags Technorati que são colocadas no fim do post (tal como aparecem neste).

Falta ainda referir que enquanto browser o Flock não me encheu as medidas. Provavelmente por utilizar um tema que tenho a sensação que é mais pesado que o tema default do FireFox, a responsividade da aplicação deixou algo a desejar. Por vezes ficava com a sensação de que um ou outro clique que eu fazia tinha sido feito “ao lado” ou tinha sido desprezado.

Deixe um comentário

Filed under Experiências, Software

O editor WYSIWYG do WordPress

O editor default do WordPress, tal como está disponibilizado na plataforma WordPress.com não me agrada, e não me agrada ao ponto de o ter desactivado e voltado ao velho interface da versão 1.5, em que se tem que, manualmente ou através da toolbar, explicitar todas as tags html que se pretendem e onde estas ficam visí­veis como plain text.

A razão: o código html gerado pelo editor WYSIWYG por vezes não é 100% controlável pelo utilizador, o que pode resultar em layout’s estranhos na altura do rendering. A título de exemplo, já me aconteceu num post ficar com um elemento blockquote no fim do post e que só o consegui tirar usando o editor “tradicional”.

No entanto, tenho consciência que isto pode não passar de um problema no interface cadeirateclado.

Deixe um comentário

Filed under WordPress

Problemas no WordPress.com?

Esta é uma repetição do post anterior, porque o original perdeu os links e não os consigo repôr…

O <a href=”http://support.novell.com/cgi-bin/search/searchtid.cgi?10080193.htm”>NetDrive</a&gt; é um produto da Novell que permite estabelecer ligações a servidores Web e mapeá-los em drives do sistema local. As ligações podem ser feitas pelos protocolos FTP, HTTP ou iFolder.
Para obter o NetDrive pode-se usar <a href=”http://supportfiles.novell.com/support/pub/allupdates/ndrv41862.exe”>este link</a> ou <a href=”http://www.loyola.edu/5555/netdrive/applications/netdrive.exe”>ainda este</a>.

Os elementos do HTML “comem” os atributos href, que permitem estabelecer as hiper-ligações. Assim sendo, a coisa não está muito boa.

3 comentários

Filed under WordPress

NetDrive

O NetDrive é um produto da Novell que permite estabelecer ligações a servidores Web e mapeá-los em drives do sistema local. As ligações podem ser feitas pelos protocolos FTP, HTTP ou iFolder.
Para obter o NetDrive pode-se usar este link ou ainda este.

Deixe um comentário

Filed under Software, Windows

MySQL 5.0

Foi ontem lançada a versão 5.0 do SGBD MySQL. Finalmente o MySQL começa a ter features que permitem levá-la em consideração como alternativa aos SGBD’s comerciais.

Novidades na versão 5 são as stored procedures, triggers, views, cursores, data integrity, etc. Para quem quiser saber mais, pode ver as release notes.

Deixe um comentário

Filed under Bases de Dados, MySQL