Cliente SubVersion em RedHat 7.1

Depois de buscas aturadas na net, não encontrei indicações de como instalar o SubVersion em máquinas com o RedHat 7.1 nativo. A busca por rpm‘s também se revelou infrutífera: os pacotes não oficiais referidos na página de downloads do SubVersion, precisam de bibliotecas que não existem nos últimos updates existentes para o RedHat 7.1, nomeadamente o OpenSSL requerido é mais recente que o OpenSSL mais recente disponibilizado nos updates.

Passo seguinte: tentar compilar a partir das sources. Descarreguei as sources (por uma questão de compatibilidade com o que já havia cá na casa, optei pela versão 1.2.3) e descompactei-as.

Após várias tentativas, com o comando de configuração
./configure --enable-all-static --disable-mod-activation --without-berkeley-db

seguido do make da praxe, o cliente subversion lá ficou em condições de ser utilizado. Esta compilação não permite a interacção via Apache2 nem repositórios em BerkeleyDb.

Depois disto, como root bastou fazer make install, para instalar o cliente subversion.

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under Experiências, Software, Subversion, Tecnologia, Tips & Trick

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s