Category Archives: Subversion

Remover branches “fechados”

Does it make sense to svn rm an old branch after it’s merged back to the
trunk, or not? I’m thinking about doing that so only active branches are
present in my project’s branches/ directory. Of course the old branch
would still be available if you knew the revision before it was deleted.
Or I could make an branches/attic directory and move it under there. Has
any best practice been developed in this area yet?

The Subversion developers tend to do that in our own repository. It’s
nice to be able to see what branches are actually in use just by looking
at the branches/ directory in HEAD, and as you say, you can always go
back to the old versions if you so desire.

Retirado de http://subversion.tigris.org/servlets/ReadMsg?list=users&msgNo=681

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under Linux, Subversion, Tips & Trick

Cliente SubVersion em RedHat 7.1

Depois de buscas aturadas na net, não encontrei indicações de como instalar o SubVersion em máquinas com o RedHat 7.1 nativo. A busca por rpm‘s também se revelou infrutífera: os pacotes não oficiais referidos na página de downloads do SubVersion, precisam de bibliotecas que não existem nos últimos updates existentes para o RedHat 7.1, nomeadamente o OpenSSL requerido é mais recente que o OpenSSL mais recente disponibilizado nos updates.

Passo seguinte: tentar compilar a partir das sources. Descarreguei as sources (por uma questão de compatibilidade com o que já havia cá na casa, optei pela versão 1.2.3) e descompactei-as.

Após várias tentativas, com o comando de configuração
./configure --enable-all-static --disable-mod-activation --without-berkeley-db

seguido do make da praxe, o cliente subversion lá ficou em condições de ser utilizado. Esta compilação não permite a interacção via Apache2 nem repositórios em BerkeleyDb.

Depois disto, como root bastou fazer make install, para instalar o cliente subversion.

Deixe um comentário

Filed under Experiências, Software, Subversion, Tecnologia, Tips & Trick

svn diff a abrir interface gráfico de diff

É possível abrir um frontend gráfico do diff automaticamente quando se executa um comando svn diff ... na linha de comando em Linux.

  1. Editar o ficheiro ~/.subversion/config e descomentar a linha que diz [helpers], bem como as linhas referentes aos parâmetros diff-cmd e diff3-cmd. PAra estes dois parâmetros, os valores a indicar são a aplicação a executar para cada um dos casos.
  2. No caso de a interface gráfica que se pretende chamar ser o xxdiff, é necessário editar o ficheiro /usr/bin/xxdiff-subversion (são necessárias permissões de escrita em /usr/bin), e aproximadamente na linha 91 alterar a localização do xxdiff. (Sugestão: em vez de substituir uma localização hard-coded por outra, utilizar o comando which xxdiff para determinar dinâmicamente a sua localização)

Referência: xxdiff-subversion

Deixe um comentário

Filed under Linux Distros, Subversion, Tecnologia, Tips & Trick